Letícia Colin é multifacetada. A atriz já fez televisão, teatro e cinema e tem no currículo papéis tão diferentes quanto a hippie Jeanie, no musical “Hair”, e a ingênua Vivi, da novela “Chamas da Vida”, da Record. Na Globo, foi apresentadora do programa matinal “TV Globinho”, e, nas telas, foi Maria Cecília, uma jovem estuprada no longa-metragem “Bonitinha, Mas Ordinária”.

Atualmente, Letícia está na televisão, como a personagem Juliana, na novela “Vidas em Jogo”, da Record. Em conversa com o TE CONTEI, a paulistana falou sobre a nova experiência, a preparação para o papel e sua interferência em sua vida pessoal.

Na trama “Vidas em Jogo”, Juliana é uma jovem bonita, rica e fútil. No entanto, Letícia defende com unhas e dentes a personagem e diz que ela não é tão fútil quanto parece. “A Juliana é uma garota rica, bem nascida e elegante. Ela não é fútil, não é uma patricinha, uma garota vazia. É apenas sofisticada, porque nasceu em berço de ouro”, afirma.

Para viver a personagem, a atriz fez um curso de etiqueta para saber se portar à mesa. “O universo da Juliana é muito mais requintado, muito mais elaborado. É uma novela muito cética, eles prezam muito a beleza”, explica. Montar o figurino de Juliana também é um trabalho diário. “O processo de composição das roupas com o figurinista também já foi me levando para um universo, que é diferente do meu”.

Letícia Colin com o figurino da personagem Juliana (Michel Ângelo/Record)

Falando em roupas, Letícia admite que não tem o mesmo senso fashion de sua personagem. “Não sou uma pessoa que sabe criar e inventar moda sozinha. A Juliana já tem talento para ver esse tipo de coisa. Tem gente que nasce com essa habilidade. Sou um pouco mais prática”, revela. Porém, Colin diz que a personagem a incentivou a se vestir de outra maneira. “Aboli um pouco as calças, passei a usar muito mais vestido, ousar mais em estampas e lenços. Acho que fez um pouco esse intercâmbio”.

Letícia também teve aulas com Sérgio Pena, preparador de elenco da emissora. “Simulamos situações reais. Fomos à Lapa e à Feira dos Paraíbas [a Feira de Tradições Nordestinas, em São Cristovão, na zona norte do Rio] para sentir o quanto os personagens são reais”, detalha. “Tive um contato muito forte com o Rio de Janeiro. Há muito tempo não olhava para o Rio desse jeito. É uma personagem muito carioca e estou reatando um contato com a cidade”, acrescenta.

Ao menos em um ponto Letícia e Juliana combinam. Ambas tem conhecimento na área do jornalismo. Em “Vidas em Jogo”, Juliana é uma estudante da área e a atriz chegou a cursar até o quarto período da faculdade. Mas trancou o curso. “Estava trabalhando muito e conciliar as duas coisas estava inviável. Na verdade, não me apaixonei. Tinha uma ideia mais romanceada e menos real do que seria a faculdade. Agora a minha intenção é estudar artes cênicas”.

Juliana (Letícia Colin) e Raimundo (Rômulo Arantes Neto) em 'Vidas em Jogo' (Michel Ângelo/Record)

Na novela de Cristianne Fridman, Letícia Colin namora com Raimundo, personagem deRômulo Arantes Neto. Na novela, Raimundo mente para Juliana dizendo que é rico, mas parece que a moça não vai se importar muito com isso. “O grande barato da minha história é esse encontro dos dois. Ela gosta da figura dele, do que ele é. É isso que eles vão mostrar um pouco. Ela vai mostrar para ele que tudo o que ela quer é ele, do jeito que ele é, com dinheiro ou não”, adianta. “Torço muito pelo casal, porque a gente se dá muito bem e é muito bom trabalhar com o Rômulo”, elogia, orgulhosa.

Com a correria das gravações da novela, Letícia precisa manter o corpo em dia para interpretar Juliana, já que sua personagem aparece de biquíni em várias cenas. Por isso a ruiva vai, sempre que pode, à academia. “Tenho muito prazer em fazer atividade física, porque cresci fazendo esporte. Me dá um equilíbrio. Gosto muito de fazer yoga. Vou muito à academia para fazer esse tipo de atividade, uma aula de pilates”, comenta.

Morando sozinha no Leblon, na Zona Sul do Rio, e sem saber cozinhar, Leticia apela para restaurantes e para a comida a mamãe. E gosta de conhecer as novidades gastronômicas da cidade: “Só como na rua e a comida da minha mãe. Adoro descobrir cozinhas e restaurantes novos. Adoro experimentar comida! Se tiver com vontade de comer, eu como! Só não como carne vermelha e não curto alimentação muito apimentada e condimentada”.

Discreta, ela prefere não comentar a vida pessoal. “Estou namorando. É uma pessoa da área, trabalha com interpretação, também é ator. A gente já está junto há algum tempo”, despista ela, sem revelar o nome do rapaz.

Matéria feita para o Te Contei.